EDP vai construir parque solar nos estúdios da Globo

EDP constrói dois mil painéis fotovoltaicos nos novos estúdios da Globo, no Rio de Janeiro. O sistema vai ser instalado numa área de 4.500 m2 e transformar energia suficiente para abastecer 350 casas.

A EDP Brasil vai instalar mais de dois mil painéis fotovoltaicos nos novos estúdios da rede Globo, no Rio de Janeiro. O novo sistema será instalado numa área com 4.500 metros quadrados e vai transformar energia suficiente para abastecer 350 residências por mês, devendo funcionar em regime de autoprodução. O contrato entre a EDP Brasil e a Globo tem a duração de 25 anos.

“O Brasil está a iniciar um processo de transição energética, em que as fontes renováveis de energia produzida de forma descentralizada estão a ganhar uma importância cada vez maior à escala nacional”, explicou o presidente da EDP Brasil, Miguel Setas, em comunicado citado pelo Jornal de Negócios (acesso pago), sobre este negócio.

Este não é o primeiro projeto que a EDP realiza com a Globo. No final de julho, a EDP Brasil já tinha noticiado ter chegado a acordo com a Globo para a construção de uma unidade solar para o canal televisivo no Recife, numa instalação de 468 painéis capaz de transformar energia suficiente para abastecer mensalmente 90 residências com o consumo médio de 250kWh/mês ou 3.000 kWh por ano.

O avanço pela energia solar da EDP não tem sido apenas sentido no Brasil, mas também em Portugal, tendo a empresa participado nos leilões recentemente realizados pelo Governo com a elétrica a garantir 150 megawatts para a sua carteira.

Fonte: ECO