O potencial comercial entre Portugal e Brasil

Entrevista com a GD Agenciadora

A mais recém associada da CCILB, GD Agenciadora, vem esta semana falar sobre as relações comerciais entre Portugal e Brasil. Segue a entrevista:

CCILBComo surgiu a GD Agenciadora e como pretende atuar na relacão entre Portugal e Brasil?

GD Agenciadora – Pela formação de seus integrantes, Gustavo Lourenço de Freitas, em engenharia química e MBA em Gestão Empresarial, MBA Gestão Comercial e MBA Pleno pelas renomadas Fundação Getúlio Vargas e Ohio University, e o Sr. Bruno Tavares com formação em Ciências Econômicas pela conceituada universidade USP e com especialização em Comércio Exterior possuímos competências e forte perfil de gestão comercial, planejamento e operações internacionais.

Assim em 2002 surge a GD Agenciadora com o propósito de promover melhorias nos processos comerciais de seus clientes, com a geração de valor e a expansão de vendas nos segmentos combustíveis, químico, farmacêutico, equipamentos médicos e operações de international trader.

Nosso diferencial esta no conhecimento e tratativas com o mercado brasileiro, os quais possuem tradições e hábitos peculiares de nosso povo.

Pretendemos desta forma demostrar que existe um território seguro, confortável o qual podemos cultivar salutarmente uma relação bilateral com os empresários portugueses.


CCILB A relação comercial entre Portugal e Brasil esta aquém da sua capacidade, como ve que a agenciadora poderá apoiar a identificar novas oportunidades?


GD Agenciadora – As relações portuguesas de comercio exterior e seus investimentos estão focados em torno da UE, alicerçando numa relação histórica e centenária entre seus povos, acordos e governos. Porém o Brasil mostra-se estrategicamente como potência emergente de consumo e por muitas vezes pouco conhecido de suas inúmeras oportunidades.

A relação bilateral Brasil-Portugal está aquém do seu real potencial, sendo menor de 2% das relações de comercio exterior e investimentos, enquanto a Espanha possui praticamente 25% desta fatia portuguesa.

Acreditamos que as competências inerentes ao espirito da GD Agenciadora são excelentes ferramentas para a promoção de empresários e empresas portuguesas que desejem investir no mercado brasileiro diante do enorme potencial existente.


CCILBQuais as empresas que representa e que tipo de produtos considera haver um espaço para o crescimento do seu comercio entre Brasil – Portugal (Europa)?


GD Agenciadora – A GD Agenciadora tem como clientes multinacionais do setor químico e agroquímico, e empresas brasileiras com porte menor e de atuações locais como as de combustíveis e saneantes.

Temos como foco a promoção comercial para os segmentos agroquímicos, biodiesel, glicerina e saneantes.


CCILBConsidera que Portugal poderá ser uma boa porta para a Europa ou é da opinião que as negociações deverão ser feitas de pais para pais?


GD Agenciadora – Somos países irmãos, com forte ligação histórica e cultural. Acreditamos haver nesta empatia o desenvolvimento e a ampliação de novos negócios, sendo um exemplo de relação que promova a outros países da Europa incentivos e oportunidades nos estreitamentos bilaterais com os brasileiros. Com certeza Portugal é um promotor de negócios a EU.


CCILBFale-nos em particular da oportunidade da exportação da Glicerina e como ve o crescimento deste mercado?


GD Agenciadora – O Brasil é um dos maiores produtores de glicerina do mundo, porém com relações comerciais com o continente europeu muito tímida, não maior de 2,0%.

Temos um produto, glicerina, com padrão que pode atender diversos segmentos como os de cosmético, alimento, limpeza, lubrificantes, propanodiol, etilenoglicol, indústria têxtil, tintas, papel, tabaco, plásticos, ácido fórmico, ração animal entre outros processos como insumo.

Enfatizamos informações de conhecimento público que a produção de glicerina no Brasil é predominantemente a base de óleos vegetais os quais são cultivados seguindo rigoroso manejo e controle ambiental e social junto a órgãos de controle nacionais e internacionais, sendo um diferencial ambiental em relação a grandes produtores mundiais.

A versatilidade de produção expões o Brasil como um excelente player mundial de glicerina e apto a estreitar relações a longo prazo com toda a Europa, principalmente com Portugal.


CCILB Sendo o Brasil um país continental, como a GD Agenciadora poderá apoiar na inserção do mercado e nas particularidades entre Estados? Tem abrangência nacional?


GD Agenciadora – Com dimensões continentais os trabalhos devem ser focados para otimização de recursos com um planejamento detalhado. Porem recomendamos o início de qualquer projeto em regiões de alto potencial comercial e de resultados, como nas regiões sudeste e sul.

Desta forma preservamos projetos no eixo sul e sudeste, o que não impede analisarmos potenciais em outras regiões.


CCILBO que uma empresa portuguesa de pequeno medio porte, que ainda não tem capacidade financeira para se internacionalizar poderá beneficiar do apoio da GDagenciadora?


GD Agenciadora – Para pequenos e medias empresas portuguesas podemos amparar de todas as formas necessárias desde questões estratégicas as executivas.

Trazer soluções e estudos as necessidades legais, fiscais, logísticas para distribuição, regulatórias (compliance), adaptações e certificações que os produtos portugueses precisem para entrar no mercado brasileiro, também a identificar o preço alvo para que a comercialização possa acontecer.

A representação comercial dos produtos portugueses também é uma opção da GD Agenciadora, assim como promover a prospecção de possíveis interessados e parceiros nos produtos lusos em território brasileiro.

Fonte: Redação