Portugal Ventures abre três calls temáticas: mar, ambiente e agricultura

Capital de risco pública abre candidaturas para apoiar projetos nas áreas de economia do mar, circular e energia e agrotech. Quer projetos que alavanquem soluções para problemas ambientais e sociais.

Portugal Ventures anunciou esta sexta-feira a abertura de três calls temáticas para startups das áreas da economia do mareconomia circular e energia, e negócios ligados ao setor agrotech. A gestora de capital de risco pública adianta que as calls temáticas servem para “colmatar uma falha de mercado e alavancar soluções para problemas ambientais e sociais”

Com candidaturas abertas até 31 de outubro eacessíveis no site da Portugal Ventures, o investimento é dirigido a empreendedores que apresentem projetos inovadores, de base científica e tecnológica e nas áreas correspondentes.

“A Call Blue Economy é lançada em parceria com o Fundo Azul, permitindo assim o complemento do investimento da Portugal Ventures com linha de financiamento deste Fundo, sob a forma reembolsável. Também a Call Green Economy e a Call AgroTech tiveram em conta as prioridades nacionais em matéria de ambiente e transição energética, agricultura, florestas e desenvolvimento rural”, explica a Portugal Ventures em comunicado.Portugal Ventures já triplicou novas participadas de 2018 Ler Mais

Para Rita Marques, CEO da Portugal Ventures, “a colaboração com os organismos públicos destes setores em Portugal está alinhada com as prioridades governamentais na procura de sinergias entre as várias entidades do Estado no sentido de complementarem as ofertas de financiamento que cada uma apresenta, e desta forma colmatar a falha de mercado existente no apoio e investimento para projetos nestas áreas temáticas”.

A responsável pela gestora do fundo de capital de risco explica que, nos planos da Portugal Ventures está a criação de fundos específicos para estas áreas, “o que irá potenciar o crescimento de oportunidades e de posição do nosso país na resolução de problemas ambientais e sociais”.

A Portugal Ventures investiu nove milhões de euros em 14 startups nos primeiros seis meses de 2019O número mais que triplica o valor do investimento em novas participadas em todo o último ano. Em 2018, a gestora de capital de risco investiu em cinco novas empresas um total de 2,4 milhões de euros, tendo sobretudo focado o investimento em reforços de participação em empresas já investidas (5,7 milhões em 27 empresas), de acordo com o relatório e contas da Portugal Ventures.

Desde 2012, a Portugal Ventures investiu 130 milhões de euros em mais de uma centena de empresas gerindo, atualmente, uma carteira de investimentos de 200 milhões de euros.

Fonte: Eco